Paternidade do queijo mineiro no fogo cruzado entre legislativo e executivo - Num Sei Onde

Banner 728x90

Últimas
quarta-feira, 20 de dezembro de 2017

Paternidade do queijo mineiro no fogo cruzado entre legislativo e executivo

Deputados mineiros promovem vídeo em que se vangloriam de uma vã glória... 99% do queijo minas artesanal continua ilegal

Na semana passada a assembléia de Minas Gerais publicou o vídeo “Assembléia Legislativa trabalha para valorizar o queijo mineiro” em que mostra a fazenda Roça da Cidade na Serra da Canastra. A estrela principal é o produtor João Leite, presidente da Associação de Produtores de Queijo Canastra (APROCAN), que faz uma retrospectiva do processo de legalização do queijo desde 2000 e se vangloria de poder vender seu queijo dentro e fora de Minas Gerais, o que é uma “meia-verdade”. É citada a Lei 20549* como exemplo de que a assembleia “trabalha” pelo queijo. A peça publicitária está sendo divulgada em redes de televisão, rádio e jornal impresso.

A mensagem é linda, romântica, garante 100% de inocuidade do queijo e passa a sensação que o problema foi resolvido. “– Recebemos muitos elogios e a repercussão foi grande no cenário nacional, as vendas aumentaram bastante, está faltando queijo na Canastra” comemora João Leite. Mas, por outro lado, causou uma grande polêmica e revolta entre produtores de diferentes regiões e pesquisadores do queijo porque o “causo” da Lei 20.549 é MUITO mais longo do que os 2’40” do vídeo.

Veja o Vídeo:


Paternidade do queijo mineiro no fogo cruzado entre legislativo e executivo Reviewed by Chico Lobo on dezembro 20, 2017 Rating: 5 Deputados mineiros promovem vídeo em que se vangloriam de uma vã glória... 99% do queijo minas artesanal continua ilegal Na semana pa...

Nenhum comentário: